montagem 2.png

Alguns desenhos de 2019 à 2022.

Irônicos (2019-2022)

Desenho

Nanquim s/ papel algodão

Dimensões variáveis

Esse padrão de desenhos onde traço de modo simplificado a anatomia masculina sem detalhes e expressões faciais, utilizando de corpos "padrão" em posições irônicas ou que jogam com um imaginário das vivências queer. São divertidos contrapontos e reflexões em torno da imagem e do papel do desenho para arte: Criar narrativas e mundos reais e imaginados através da linha.

Fico seguro hoje como meu desenho é e sempre foi uma reflexão sobre gênero e tão próximo de uma realidade Brasileira, um país voltado à sexualidade. Defendo a linguagem do desenho e me lembro que desde a escola eu desenho, lembro de quando criança os meninos da minha série me pediam para eu desenhar “mulheres gostosas” para eles, assim minha “estranheza” e gostos pessoais “não-masculinos” eram esquecidos de lado durante alguns dias.

 

Parrudos, desenho, por Henrique Montagne, 2019

Parrudos, 2019

1.png

Biscoiteiro, 2018

Mister Blowjog, desenho, por Henrique Montagne. 2019

Mister Blowjob, 2019

5.png

Jogador, 2022

Pegada de Vaqueiro, desenho, por Henrique Montagne. 2022

Pegada de Vaqueiro, 2022

O desenho é refletir sobre linhas e mundos imaginados que conectam e ganham sentido e forma. Hoje jogar com esses corpos padrões em outras posições e críticas, é refletir sobre a masculinidade e os códigos que moldam estes corpos.