Visualizadas, mas não respondidas, obra de Henrique Montagne, Instalação Dimensões Variáveis 49 Envelopes, LED Azul e Videomapping 2019

Obra na exposição Do Write [Right] to me em Nova York, promovida pela plataforma Uncool Artist, com curadoria de Dainy Arpia e Ana Roman. 2021

Visualizadas, mas não respondidas
Instalação
Dimensões Variáveis
49 Envelopes, LED Azul e Videomapping

2019


Nesta obra a complexidade dos sentimentos associados as informações e rapidez do avanço das tecnologias e aplicativos de correspondência dentro de um contexto homoafetivo. Nos torna seres resumido a símbolos e ações dinâmicas que interrompem a comunicação inserida nela própria: “bloquear”, “desbloquear”, “cancelar”, “ver e não responder” (praticar o “ghosting”).

Nisto 49 envelopes pendurados na parede utilizados durante até meados da década 2000s como correspondência, são mapeados virtualmente, onde são projetados em cada um o símbolo de “check” ou “visto” do aplicativo WhatsApp, mídia tecnológica nascida na década de 2010s. O sinal de visto é a segurança de que aquela mensagem foi mandada e vista, mas não respondida, ressoando a uma ansiedade maior de uma resposta que só depende do outro. Mas que também ressoa que o silêncio pode ser uma resposta...

new york edit 2.png

Obra na exposição Do Write [Right] to me em Nova York, promovida pela plataforma Uncool Artist, com curadoria de Dainy Arpia e Ana Roman. 2021

press to zoom

press to zoom

press to zoom

press to zoom
1/3

Experimentações instalativas em sala com LED Azul, 2021.